Patrulhamento em áreas de confrontos nas favelas foi reforça

Alles über Brasilien aus der internationalen Presse (Beiträge bitte max. anreissen, unbedingt die Quelle verlinken sowie ein eigenes kurzes Statement abgeben).

Patrulhamento em áreas de confrontos nas favelas foi reforça

Beitragvon brasilmen » Mo 5. Feb 2007, 13:46

Patrulhamento em áreas de confrontos nas favelas foi reforçado
Além dos cinco mortos, outras duas pessoas seriam vítimas dos conflitos.
Na Vila Cruzeiro, uma criança de 5 anos morreu atingida por uma bala na cabeça.
Do G1, no Rio

entre em contato
ALTERA O
TAMANHO DA LETRA A-A+

Depois de um fim de semana violento no subúrbio do Rio, a segunda-feira (5) amanheceu tranqüila. Em entrevista ao Bom Dia Rio nesta segunda, o relações-públicas da Polícia Militar, coronel Rogério Seabra, disse que os confrontos na favela da Cidade Alta, no Bairro de Cordovil, no subúrbio, e no Morro do Barbante, na Ilha do Governador, também no subúrbio, foram entre grupos de criminosos que atuam contra a lei. Seabra não fala em milícias, mas sim em bandidos, e garante que o patrulhamento nessas áreas já foi reforçado.

Ainda de acordo com Rogério Seabra, desde a manhã de domingo (4), não há nenhum confronto na Cidade Alta. E, desde a meia-noite de sábado (3), a situação na Ilha do Governador está tranqüila. Seabra afirma, ainda, que o policiamento foi reforçado não só nas áreas de confronto, mas em todo o estado do Rio. Sobre a segurança, ele completa: “A contratação ou a busca de um serviço de segurança privada em qualquer localidade é uma responsabilidade de quem o contrata. A Polícia Militar atua diuturnamente em todas as localidades do estado do Rio de Janeiro. Somente no ano passado, 10,6 mil armas foram apreendidas e 10,3 mil pessoas foram presas, o que demonstra um efetivo trabalho da Polícia Militar. Continuamos trabalhando em todas as localidades e, insisto, levando segurança às pessoas de bem”.

O confronto na Cidade Alta
A guerra entre traficantes, milícias e policiais militares na favela da Cidade Alta deixou um morto. O sargento Alex Sarmento Mendes foi baleado na cabeça em um tiroteio que assustou os moradores da região. Ele chegou a ser levado para o Hospital Getúlio Vargas, na Penha, no subúrbio, mas não resistiu aos ferimentos.

Outras duas pessoas também morreram no local, mas a polícia ainda não confirmou a ligação com o tiroteio na Cidade Alta. As vítimas são o policial militar Moisés da Silva Coelho, de 24 anos, do 16º BPM (Olaria), morto na madrugada desta segunda-feira (5) depois de dar entrada no Hospital Getúlio Vargas. Ele teria sido reconhecido por bandidos da favela quando estava dentro de um Monza perto de um posto de gasolina na Rua Porto Velho, em Cordovil. O policial estava acompanhado de seu primo, Jorge Antônio Araújo, de 37 anos, que conseguiu fugir.

A outra vítima é o motoboy Fábio Fernandes Rocha, de 29 anos, que estava desaparecido desde a noite de sábado (3). Ele foi encontrado morto dentro de um Peugeot abandonado na Rua Ibiapina, perto da estação ferroviária de Cordovil. O corpo estava queimado e tinha marcas de tortura. O registro do crime foi feito na 38ª DP (Brás de Pina).

Tiroteio no Morro do Barbante, na Ilha do Governador
Na favela Vila Joaniza, na Ilha do Governador, no subúrbio, quatro pessoas morreram em um tiroteio que começou na noite de sábado (3). Uma delas é o policial militar Carlos Henrique Lessa Ferreira, do 17º BPM. Os outros são José Carlos Gonçalves, de 44 anos, e dois homens, um deles ainda não identificado. O corpo do criminoso identificado apenas como PCC foi encontrado no local.

Os feridos
Além dos mortos, oito pessoas ficaram feridas nos dois confrontos. Só na Cidade Alta, foram seis feridos, incluindo um menino de 11 anos e o PM Antônio Souza dos Santos, que foi baleado no braço e tórax e está no Hospital da PM. Os feirantes Lourivaldo Gomes Brito, de 25 anos, e Maria Osmania de Melo, de 67 anos, foram levados para o Getúlio Vargas, mas já foram liberados. O sobrinho de Maria Osmania, Rafael Silva de Oliveira, 11 anos, foi atingido por estilhaços de granada nas pernas, mas também já deixou o hospital. Rodrigo Alves Catureba, baleado na mão esquerda, também já saiu. Apenas Enilson Angelo de Oliveira, 31 anos, permanece internado no Getúlio Vargas.


Na Vila Joaniza, foram dois os feridos: o PM Flávio Augusto da Silveira, do 17º BPM, e Ciel Brandão Martins, de 38 anos.

Traficantes x milícias
Segundo os moradores, o tiroteio na Cidade Alta começou às 6h, quando feirantes montavam suas barracas na rua. Um grupo de traficantes teria entrado em confronto com a milícia local – grupo armado que “vende” a segurança aos moradores de áreas carentes.

O confronto na Vila Joaniza também seria entre traficantes que querem dominar a favela e os milicianos. Segundo informações do 17º BPM (Ilha), o chefe da invasão seria o criminoso conhecido como Marcelo PQD, que está foragido. A polícia chegou a fechar as saídas do bairro, na tentativa de encontrar PQD, o que causou engarrafamento, mas ninguém foi preso. A polícia ainda usou um helicóptero para procurar os bandidos.

Menino de 5 anos morre vítima da violência na Vila Cruzeiro
Também vítima da violência urbana, mas sem conflito entre polícia e bandidos, uma criança de 5 anos morreu com um tiro na cabeça na noite de domingo. Iago Silva estava brincando, na tarde de domingo (4), na porta de casa na favela da Vila Cruzeiro, na Penha, quando foi atingido na cabeça. Ele foi levado para o Hospital Getúlio Vargas e depois transferido para o Hospital de Saracuruna, na Baixada Fluminense, onde ficou internado no CTI pediátrico. Ele morreu no início da noite de domingo. Não havia operação da polícia na favela. O tiro teria sido dado por um bandido, mas não se sabe o motivo do disparo.
Gruss brasilmen Thomas
http://www.brasilmen.de
Benutzeravatar
brasilmen
 
Beiträge: 3716
Registriert: Di 30. Nov 2004, 08:10
Bedankt: 35 mal
Danke erhalten: 243 mal in 184 Posts

Sprachkurs Portugiesisch (Brasilianisch)

Zurück zu Presse: Aktuelle Mitteilungen

 



Berechtigungen in diesem Forum

Du darfst keine neuen Themen in diesem Forum erstellen.
Du darfst keine Antworten zu Themen in diesem Forum erstellen.
Du darfst deine Beiträge in diesem Forum nicht ändern.
Du darfst deine Beiträge in diesem Forum nicht löschen.
Du darfst keine Dateianhänge in diesem Forum erstellen.

Wer ist online?

Mitglieder in diesem Forum: 0 Mitglieder und 1 Gast

Persönlicher Bereich

Anmelden

Empfehlungen

Wortübersetzer

Deutsch/Portugiesisch - Übersetzer in Kooperation mit Transdept

Neu im IAP PortalNetwork

Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]