Rio---nichts neues;

Alles über Brasilien aus der internationalen Presse (Beiträge bitte max. anreissen, unbedingt die Quelle verlinken sowie ein eigenes kurzes Statement abgeben).

Rio---nichts neues;

Beitragvon mikelo » Mo 5. Feb 2007, 00:00

RIO - Dois confrontos entre grupos criminosos fortemente armados neste fim de semana deixaram cinco mortos e dez feridos e levaram a Polícia Militar a ocupar as favelas Vila Juaniza, na Ilha do Governador, e Cidade Alta, em Cordovil, bairros da zona norte do Rio.

Na Juaniza, quatro pessoas morreram e duas ficaram feridas em conseqüência de um tiroteio na noite de sábado, que, segundo a Polícia Militar, envolveu duas facções criminosas rivais - o Comando Vermelho (CV) e o Terceiro Comando.

Já na Cidade Alta pelo menos nove pessoas foram baleadas neste domingo - uma delas, um policial, não resistiu aos ferimentos e morreu. Moradores denunciaram a ação na favela de uma milícia(grupo paramilitar que expulsa o tráfico e cobra por proteção). Também suspeita-se da ação de paramilitares na Ilha.

De acordo com a polícia, a Vila Juaniza foi invadida por um bando armado, chefiado por Marcelo Soares de Medeiros, o Marcelo PQD. Traficante ligado ao Terceiro Comando, PQD, recentemente, com permissão da Justiça, saiu da prisão para visitar a família e não se reapresentou.

Desde então, é procurado pela polícia. No conflito, morreram o morador José Afrânio Deplan, o suposto traficante Enypson Gomes, o PCC, e dois PMs: o sargento José Carlos Gonçalves e o soldado Carlos Henrique Ferreira. Outro policial, Flávio Augusto da Silveira, também baleado, foi levado para o Hospital da Polícia Militar. Há a suspeita de que os PMs integrassem uma milícia. Ciel Brandão, outro morador, também ficou ferido. Marcelo PQD está foragido.

Na Cidade Alta, houve tiroteio na madrugada de sexta-feira para sábado e na manhã deste domingo. O policial militar Alex Sarmento Mendes, que, segundo informações oficiais, trabalhava cedido à Polícia Civil, foi ferido e chegou a ser levado ao Hospital Getúlio Vargas (HGV), na Penha, mas morreu à tarde.

Outro PM que seria cedido à Polícia Civil, Antônio Souza dos Santos, também foi atingido. Mais sete pessoas ficaram feridas nos confrontos, que também envolveram bandidos do CV.

Milícias

O comandante do 16º Batalhão da Polícia Militar, tenente-coronel José Luiz Nepomuceno, afirmou não saber por que os bandidos atacaram a Cidade Alta de manhã. "Ainda queremos saber o que foi", declarou ao Estado.

Mas, segundo a Polícia Civil, será apurada denúncia de moradores de que a invasão dos bandidos à Cidade Alta, ocorrida na manhã deste domingo, foi precedida por uma ocupação da favela, na madrugada de sábado, por uma milícia. Trata-se de um geralmente, formado por policiais militares, policiais civis, bombeiros, agentes penitenciários e seguranças, da ativa e aposentados.

O ataque aconteceu quando boa parte dos moradores acompanhava um show do cantor Elymar Santos, na quadra do Bloco da Barriga. Moradores relataram que cerca de 100 homens encapuzados comporiam a quadrilha de milicianos, que teria tido o apoio de um caveirão (veículo blindado da PM), para abrir caminho para o ataque. O uso do carro indicaria a participação de policiais no bando, que teria se reunido junto a uma cabine da PM. A ação dos traficantes na manhã de ontem teria sido uma tentativa de retomar o controle do local.

Também será apurado se há relação entre o confronto na Cidade Alta e o roubo de carros em uma falsa blitz, que terminou em um tiroteio com policiais do Batalhão de Policiamento em Vias Especiais (BPVE) da PM, no Trevo das Margaridas, entre a Via Dutra e a Avenida Brasil. Segundo um policial civil, pode haver ligação entre o roubo dos carros e o conflito na manhã de ontem na Cidade Alta, por causa da proximidade dos eventos e porque carros semelhantes foram vistos circulando na favela.

Os bandidos roubaram um Polo e depois um Astra em pontos diferentes da Via Dutra, perto de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, e da Linha Vermelha, já no Rio. Fábio de Lima estava no Polo e levou três tiros, sendo levado para o HGV. Uma bala perdida nesse conflito atingiu a perna de Edvânia Santos da Silva, dentro de um ônibus que passava pelo local.

´Acusação de traficante´

O porta-voz da Polícia Militar, coronel Rogério Seabra, não vê relação entre os dois eventos. "Uma coisa é o assalto na Dutra, outra coisa é o conflito entre facções criminosas na Cidade Alta", afirmou.

Ele disse também que "é acusação de traficante" a denúncia de que um veículo blindado da polícia abriu caminho para um ataque de milicianos na Cidade Alta. "O blindado fazer roteiro de patrulhamento é rotina. Foi feito ontem (sábado), está sendo feito hoje (domingo), e a Polícia Militar vai continuar fazendo", afirmou. Seabra disse que milícia também é facção criminosa.
http://www.estadao.com.br/ultimas/cidad ... 04/129.htm
o sol nasce pra todos; a sombra pra quem merece.

Nur für Bewohner des Kantons Zürich/auch auf dumpfe Trolle anwendbar
Benutzeravatar
mikelo
 
Beiträge: 4490
Registriert: Di 9. Aug 2005, 20:22
Wohnort: TUTÓIA - Um Paraíso Perdido no Maranhão!
Bedankt: 192 mal
Danke erhalten: 76 mal in 60 Posts

Sprachkurs Portugiesisch (Brasilianisch)

Beitragvon Joachim2007 » Mo 5. Feb 2007, 12:24

Cidade Alta geht es heiß her:


RIO - A guerra entre traficantes, milícias e a Polícia Militar na favela da Cidade Alta, no bairro de Cordovil, na Zona Norte, tem mais duas vítimas. No final da noite de domingo, um soldado da PM, Moisés da Silva Coelho, de 26 anos, foi seqüestrado e assassinado por bandidos quando abastecia o carro, um Monza, na Rua Porto Velho, próximo a um dos acessos da favela. O primo dele, de 37 anos, para salvar a vida pulou do carro em movimento. O corpo do PM foi encontrado pouco depois na Avenida Brasil. Também em Cordovil, um corpo foi encontrado carbonizado no porta-malas de um Peugeot de cor prata próximo à estação de trem. Este poderia ser o de um motoboy que está desaparecido desde a invasão realizada pela milícia na madrugada de sábado. Com isso, já são três os mortos da guerra na Cidade Alta, dois dos quais PMs. O ataque à milícia, que tomou o local, foi tramado por bandidos da Vila Cruzeiro, do Morro da Mangueira e do Morro do Sereno, que passaram a madrugada de domingo roubando carros. Dois homens ainda estariam desaparecidos na Cidade Alta.

No Morro do Barbante, na Ilha do Governador, a PM mantém o policiamento reforçado nos acessos para evitar nova tentativa de invasão de bandidos, que tentaram retomar os pontos de vendas de drogas que foram fechados pela milícia que os expulsaram no ano passado. No confronto da noite de sábado quatro pessoas morreram: dois PMs, um morador e um bandido.

A Polícia Militar ocupou as favelas do Barbante e Vila Juaniza, no domingo, informou o comandante do 17º BPM, coronel Célio da Cunha Pedrosa. Ele disse que traficantes liderados por Marcelo PQD tentaram invadir os morros e houve tiroteio, na noite do sábado. Os bandidos não teriam conseguido deixar a Ilha e, para prender os traficantes, a polícia fez uma blitz na saída do bairro. Por volta das 11h deste domingo, os motoristas enfrentavam longo congestionamento na Estrada do Galeão.




Há a informação ainda de que alguns traficantes teriam tentado fugir a pé pela mata. Um helicóptero também sobrevoou a área para tentar achá-los, durante a manhã. No confronto na Ilha morreram os policiais militares José Carlos Gonçalves, sargento, e Carlos Henrique Lessa Ferreira, soldado, o traficante Enypson Gomes da Silva, o PCC, e José Afrânio Deplan, morador do local. Os policiais militares mortos atuariam em milícias. Ficaram feridos ainda Ciel Brandão Martins, morador que permanece internado no Hospital Salgado Filho, e o soldado PM Flávio Augusto da Silveira, que estava em operação pelo 17º BPM e foi ferido no braço esquerdo.
Criança é uma das vítimas em Cordovil

Na Cidade Alta, em Cordovil, os moradores acordaram na manhã deste domingo com a troca de tiros entre bandidos. Os traficantes teriam tentado entrar na região para retirar milícias de várias comunidades que invadiram a região no sábado. Policiais 16º BPM (Olaria), responsável pelo patrulhamento da área, foram para o local. Nove pessoas foram feridas no confronto, entre elas Rafael Silva de Oliveira, de 11 anos. O sargento Alex Sarmento Mendes foi baleado no olho direito durante a troca de tiros na manhã do domingo. Ele foi levado para o Hospital Getúlio Vargas, na Penha, mas não resistiu ao ferimento e morreu à tarde. Três das vítimas seriam moradores que trabalhavam em uma feira na Cidade Alta.

Na madrugada do sábado, grupos armados da Praia de Ramos e de favelas de Jacarepaguá teriam se unido para tomar a Cidade Alta. Segundo pessoas da comunidade, antes da entrada dos milicianos - um grupo de cerca de cem homens encapuzados - um Caveirão abriu caminho para a invasão. Os traficantes teriam fugido. Dali haviam saído os bandidos que, às vésperas do réveillon, queimaram oito pessoas dentro de um ônibus.




Durante a invasão, o cantor Elymar Santos fazia show na quadra do Bloco da Barriga, que fica próximo ao Destacamento de Patrulhamento Ostensivo. Os milicianos teriam se concentrado bem próximos à cabine policial. Por causa da confusão, o cantor interrompeu a apresentação. Mas depois da intervenção do presidente do bloco, Elymar voltou ao palco.

O clima ficou tenso durante toda a madrugada. Já na manhã de ontem, a ordem era que o transporte de Kombis na favela fosse interrompido e que o comércio da região só abrisse as portas depois do meio-dia. Até o sábado, o 16º BPM não confirmava qualquer anormalidade na comunidade.



http://oglobo.globo.com/rio/mat/2007/02 ... 449094.asp
Benutzeravatar
Joachim2007
 
Beiträge: 282
Registriert: Sa 26. Aug 2006, 16:09
Bedankt: 0 mal
Danke erhalten: 0 mal in 0 Post

Re: Rio---nichts neues;

Beitragvon thomas » Mo 5. Feb 2007, 12:41

mikelo hat geschrieben:... um bando armado, chefiado por Marcelo Soares de Medeiros ... Traficante ... saiu da prisão para visitar a família e não se reapresentou.


Na klar.

Besser ist ja noch der zweite Teil der Meldung.. PMs in Rente, die mal "Paintball" spielen wollen?

Da hab ich doch glatt ne Geschäftsidee. Häuserkampf mit der PM-Miliz, mal richtig Action mitmachen, das wärs doch. SG, wir brauchen mal Deine Kontakte.. :twisted:
Benutzeravatar
thomas
 
Beiträge: 1512
Registriert: Fr 26. Nov 2004, 20:45
Bedankt: 0 mal
Danke erhalten: 0 mal in 0 Post

Re: Rio---nichts neues;

Beitragvon supergringo » Mo 5. Feb 2007, 13:34

thomas hat geschrieben:SG, wir brauchen mal Deine Kontakte.. :twisted:
Nehme den Bus nach Bancarios, frage am Eingang nach Preta, die stellt Dir dann JP, den Chef vom TCP vor ... viel Glück ... :?
Benutzeravatar
supergringo
 
Beiträge: 2172
Registriert: So 28. Nov 2004, 18:40
Bedankt: 106 mal
Danke erhalten: 89 mal in 67 Posts

Beitragvon Rio_de_Janeiro_Fan » Mo 5. Feb 2007, 17:36

Hallo. Sorry, ich lerne Portugiesisch, bin der Sprache aber noch nicht mächtig genug, um herauszulesen, um was es in dem Artikel geht. Kann jemand einen 3-Zeiler verfassen, in dem er kurz zusammenträgt, was wieder vorgefallen ist?

Hintergrund: Am 05. April werde ich in Rio landen und ich bin sehr besorgt aufgrund der aktuellen Situation um den Zuckerhut...

Wird nicht endlich mal ein Zustand der Besserung herbeigeführt?

Vielen Dank im Voraus!
Genuss ist sicher die schönste Art der Daseinsbewältigung!
Benutzeravatar
Rio_de_Janeiro_Fan
 
Beiträge: 4
Registriert: Do 13. Jul 2006, 11:35
Wohnort: Kaiserslautern
Bedankt: 0 mal
Danke erhalten: 0 mal in 0 Post

Beitragvon Joachim2007 » Mo 5. Feb 2007, 18:01

@Rio_de_Janeiro_Fan
Mach dir keine Sorgen!Ist nicht so wichtig das Zeug zu lesen.Das sind Orte in denen du niemals freiwillig vorbeischauen wirst.So weniger du weißt,umso besser ist es.Locker bleiben und den Urlaub genießen,dann wird dir schon nichts passieren.Rio war schon immer so.
Benutzeravatar
Joachim2007
 
Beiträge: 282
Registriert: Sa 26. Aug 2006, 16:09
Bedankt: 0 mal
Danke erhalten: 0 mal in 0 Post

Beitragvon jokli » Mo 5. Feb 2007, 20:11

das seh ich auch so.....wohn jez seit 6 monaten hier und am anfang hatte ich auch angst uber die strasse zu gehen...das macht aba alles noch viel schlimmer...keine panik is echt der beste ratschlag
Benutzeravatar
jokli
 
Beiträge: 30
Registriert: Di 30. Jan 2007, 04:17
Bedankt: 0 mal
Danke erhalten: 0 mal in 0 Post

Beitragvon Joachim2007 » Do 8. Feb 2007, 02:34

Das ist krass:

07/02/2007
Foi identificado na manhã de ontem como de Alan da Costa Barcelos, 24 anos, o corpo encontrado na margem direita do rio Paraíba do Sul, próximo ao cais da Lapa, na tarde de segunda-feira. De acordo com o exame de necropsia do Instituto Médico Legal (IML), a vítima foi morta espancada, esfaqueada e teve uma pedra colocada dentro de sua barriga antes de ser arremessada no rio. (Folha da Manhã de Campos dos Goytacazes)

Quelle:Riobodycount.com.br

Zwischenstand nach einer Woche:76 zu 39 für Mortos
Benutzeravatar
Joachim2007
 
Beiträge: 282
Registriert: Sa 26. Aug 2006, 16:09
Bedankt: 0 mal
Danke erhalten: 0 mal in 0 Post


Zurück zu Presse: Aktuelle Mitteilungen

 


Sprachkurs Portugiesisch (Brasilianisch)

Berechtigungen in diesem Forum

Du darfst keine neuen Themen in diesem Forum erstellen.
Du darfst keine Antworten zu Themen in diesem Forum erstellen.
Du darfst deine Beiträge in diesem Forum nicht ändern.
Du darfst deine Beiträge in diesem Forum nicht löschen.
Du darfst keine Dateianhänge in diesem Forum erstellen.

Wer ist online?

Mitglieder in diesem Forum: 0 Mitglieder und 0 Gäste

fabalista Logo

Persönlicher Bereich

Anmelden

Empfehlung

Wortübersetzer

Deutsch/Portugiesisch - Übersetzer in Kooperation mit Transdept

Neu im IAP PortalNetwork

Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]